Conecte-se Aprenda Finança

Estratégia de Negócios

Sobrevivendo à Pandemia: 6 Lições Vindas da China

Este artigo foi escrito pelos especialistas em China da Shūmiàn.

Compartilhe este artigo

Publicado por Shūmiàn 书面

A China não atravessou a pandemia da Covid-19 ilesa. Assim como observamos em outros países, a economia do gigante asiático também foi fortemente atingida pelas implicações da crise em torno do novo coronavírus. Projeções de organizações especializadas, porém, indicam que o país, ao contrário da maioria, deve seguir crescendo em 2020. Com a propagação do vírus em grande medida já sob controle, os chineses agora saem da quarentena e avançam rumo a um processo de normalização econômica. Abaixo, reunimos lições vindas de lá que podem nos ajudar não somente a sobreviver a uma pandemia, mas também a pensar sobre em que direção caminhar no futuro próximo.

 

  • 1. Compartilhe informações

Construir uma relação aberta, direta e consistente com funcionários é uma base fundamental das boas lideranças. Em momentos difíceis, torna-se ainda mais importante manter-se em contato frequente com sua equipe, compartilhando percepções e buscando a construção de planos e soluções em grupo. Na China, aplicativos de comunicação online foram usados intensivamente para compartilhar informações sobre a crise em tempo real e manter times sincronizados. O hábito é positivo e pode ser inclusive mantido após o fim da pandemia.

 

  • 2. Estabeleça iniciativas de cooperação

O presente momento de crise, vale lembrar, não é desafiador somente para o seu empreendimento – seus fornecedores, clientes e, é claro, concorrentes também estão passando por dificuldades. Estabeleça novos canais de comunicação com outras iniciativas, fortaleça aqueles já existentes e procure por maneiras criativas de cooperar para superar problemas em comum. Na China, grandes e pequenas empresas construíram em conjunto respostas às tribulações da pandemia. No restante do mundo, essa abordagem também é possível.  

 

  • 3. Faça bom uso de ferramentas digitais

Diversificar os canais de venda é uma questão de sobrevivência durante a pandemia. A situação atual exige uma rápida e eficiente transformação digital das empresas. Redes sociais, site formulado para e-commerce  e serviços de entrega adequados podem ajudar a garantir o bom funcionamento do seu empreendimento. Adotar práticas de home office também deve ser feito se possível, com regras e expectativas claras entre as partes. Na China, a fusão de redes sociais, trabalho em casa e e-commerce já é uma prática consagrada e de sucesso.

 

  • 4. Treine sua equipe

Crises são tempos de alta imprevisibilidade. Sobreviver a elas exige que sua equipe esteja preparada para reagir com rapidez e flexibilidade aos novos desafios que certamente surgirão a todo momento. As empresas chinesas que melhor resistiram aos impactos da pandemia do novo coronavírus foram aquelas capazes de antecipar obstáculos e agilmente implementar maneiras de evitá-los ou superá-los. Para tanto, um time bem treinado é fundamental – tanto em termos de planejamento estratégico quanto em matéria de reação a adversidades.

 

  • 5. Crie um ambiente seguro 

Adote medidas de contenção do novo coronavírus no local de trabalho. Mantenha os seus funcionários bem informados sobre os cuidados diários através de panfletos ou e-mails.  Adicione álcool gel em pontos estratégicos da empresa e, se possível, meça a temperatura diariamente de seus funcionários. Isso cria mais confiança de que o seu empreendimento está atento à saúde da equipe e sinaliza positivamente ao consumidor que o seu negócio está tomando os cuidados necessários. Na China, isso era prática comum em pequenos e médios negócios, com medição de temperatura e checagem do status de saúde por meio de um aplicativo.

 

  • 6. Planeje o futuro

Muitas empresas chinesas se recuperaram de maneira rápida após a relativa contenção da Covid-19 no país. Não fosse a formulação de planos já durante a crise para lidar com as perdas da pandemia e se preparar para o futuro, essa ágil reabilitação certamente não seria possível. Desde agora, comece a traçar estratégias para o “novo normal”, seja através da reestruturação do seu empreendimento,  da criação de estratégias para impulsionar vendas ou da concepção de iniciativas de valorização de seus fornecedores e parceiros locais.

 

A pandemia acelerou a urgência por mudanças na forma como nos relacionamos e fazemos negócios. É um momento bastante desafiador principalmente para pequenos e médios empreendedores, que precisam achar formas de sobreviver em meio aos muitos obstáculos presentes e futuros. Às vezes, a solução está dentro de casa. Em outras ocasiões, porém, as respostas podem vir de longe — nesse caso, de um país que, apesar de distante, serve de exemplo de que é possível achar formas de superar a crise e de criar o novo mesmo em situação adversas. Os chineses tiveram que aprender da noite para o dia como adaptar seus negócios e aceitar que a imprevisibilidade faria parte do nosso cotidiano. Olhando para eles, nós também podemos encontrar soluções para superar os nossos próprios desafios.

 

Para saber mais: 

https://hbr.org/2020/06/lessons-from-chinese-companies-response-to-covid-19

https://hbr.org/2020/03/how-chinese-companies-have-responded-to-coronavirus

https://www.cnbc.com/2020/05/25/china-one-of-many-manufacturing-hubs-in-a-post-coronavirus-world.html

https://www.nytimes.com/2020/04/28/business/china-coronavirus-economy.html

https://www.pymnts.com/coronavirus/2020/china-on-business-post-covid-19/

Compartilhe este artigo

{{'LOADING_COMMENTS' | translate}}...
{{'NO_COMMENTS_YET' | translate}}
{{'TO_POST_A_COMMENT' | translate}}

Outros usuários também viram


Carregando...
Entre na ConnectAmericas
Esqueceu sua senha?
Não tem uma conta? Cadastre-se aqui
Insira o e-mail com o qual você se cadastrou
na ConnectAmericas para criar
uma nova senha.