Conecte-se Aprenda Finança

Indústria Alimentar

Cães e gatos, dois clientes estrelas da indústria alimentar

O mercado mundial de alimentos para animais de estimação representa uma oportunidade atraente para os produtores da América Latina e do Caribe. Os especialistas preveem que o segmento continuará a crescer a um ritmo acelerado, especialmente nos mercados emergentes. 

Compartilhe este artigo

Publicado por ConnectAmericas

Main Image

De acordo com uma publicação do ProChile, o valor total do mercado mundial de alimentos para cães e gatos é de cerca de US$ 45 bilhões. Mas se estima que, até 2017, chegue a US$ 96 bilhões, devido à ligeira recuperação macroeconômica nos mercados, ao aumento da população de animais de estimação e à mudança dos gostos dos consumidores.

Estima-se que, em 2017, o mercado atinja um valor de US$ 96 bilhões

A publicação aponta que fatores tais como a diminuição da taxa de natalidade e o aumento das "famílias unipessoais" fazem com que os animais de estimação sejam considerados cada vez mais como membros da família e companheiros de pessoas que moram sozinhas, situação que permitirá que este mercado continue a crescer. Além disso, o aumento da população urbana e as receitas disponíveis nos mercados emergentes contribuem significativamente para o aumento do número de pessoas que possuem animais de estimação, impulsionando a demanda por alimentos.

Uma pesquisa de mercado feita pelo Euromonitor revela que, em 2015, os Estados Unidos serão o mercado de maior valor, seguido pelo Brasil, Japão e França. No entanto, a Índia, a Arábia Saudita, a Rússia e a Tailândia são uma oportunidade interessante, uma vez que são mercados que estão crescendo a um ritmo mais elevado.

Tendências mundiais

De acordo com um artigo da Pet Food Industry, a China tem um grande mercado para produtos e acessórios para animais de estimação, que representa mais de US$ 1 bilhão por ano. É importante destacar que os alimentos correspondem a apenas 37% dos gastos totais com os animais de estimação. 

Ao contrário do que acontece no resto do mundo, na China, dominam os produtos não alimentícios para animais de estimação. No entanto, as vendas no setor de alimentos têm crescido nos últimos anos a uma taxa de 10% ao ano. 

O potencial para um maior crescimento no mercado de alimentos para animais de estimação na China é alto. De acordo com o artigo, atualmente, apenas 7% das famílias desse país asiático possuem cães; 2%, gatos. Porém menos de 10% das famílias alimentam seus animais de estimação com comida feita especialmente para animais de estimação. 

No entanto, o segmento com crescimento mais rápido é o premium, ou de alta qualidade, com uma taxa de crescimento de 15% ao ano, para comida para cães, e de 12%, para comida para gatos. Embora a porcentagem de cães e gatos como animais de estimação seja baixa na China, é um mercado de 51 milhões de animais de estimação com donos. Isso coloca o país em terceiro lugar no mundo, atrás apenas do Brasil, com 52 milhões, e EUA, com aproximadamente 170 milhões de cães e gatos.

Um estudo feito pela Tully & Holland revela que a maioria dos donos de animais de estimação nos Estados Unidos estão acostumados a comprar alimentos processados especialmente para animais de estimação. Os segmentos de maior consumo são os alimentos em forma de treats, alimentos secos ou desidratados, alimentos saudáveis e os premium ou com características semelhantes à comida para os seres humanos.

ProChile detalha que outro setor dinâmico que tem mostrado crescimento nos Estados Unidos é o mercado das marcas próprias. Isso representa uma oportunidade para os produtores interessados em entrar no mercado norte-americano como fornecedores de uma marca já estabelecida, em vez de começar do zero. De qualquer forma, o artigo menciona que não se deve esquecer dos grandes volumes que esse canal requer.

Feiras de alimentos para animais de estimação

Existem muitas feiras ao redor do mundo que servem para conhecer as novas tendências do mercado e fazer contatos de negócios. Abaixo, apresentamos uma lista com algumas das mais importantes:

  • Pet Fair Asia: é organizada todos os anos. No ano passado, a feira atraiu 50.000 visitantes, entre os quais, 12.351 eram profissionais da indústria e 36.000 eram donos de animais de estimação. Além disso, a feira contou com 506 expositores de 25 países. Para obter mais informações: www.petfairasia.com
  • Global Pet Expo: é considerada a maior feira anual da indústria de alimentos para animais de estimação nos Estados Unidos. Em 2013, houve 964 expositores, 2.686 stands e mais de 3.000 lançamentos de produtos. Além disso, houve mais de 5.000 compradores inscritos de todo o mundo. Para obter mais informações: www.globalpetexpo.org
  • Zoo Expo: no Mandalay Bay Convetion Center, em Las Vegas, Nevada, todos os anos, é organizada uma das exposições mais importantes desse segmento, que reúne, todos os anos, os principais distribuidores e fornecedores da indústria mundial de alimentos para animais de estimação. Existe um programa de treinamento chamado SuperZoo University, que oferece capacitação sobre novas estratégias e tendências de mercado. Para obter mais informações: www.superzoo.org
Compartilhe este artigo

{{'LOADING_COMMENTS' | translate}}...
{{'NO_COMMENTS_YET' | translate}}
{{'TO_POST_A_COMMENT' | translate}}

Outros usuários também viram


Carregando...

Entre na ConnectAmericas

Ao criar um perfil na ConnectAmericas, você aceita os Termos e condições e Política de privacidade da Plataforma.

Insira o e-mail com o qual você se cadastrou
na ConnectAmericas para criar
uma nova senha.