Conecte-se Aprenda Finança

Comércio Exterior

8 dicas para exportação para o Brasil

O Brasil é o maior mercado da América Latina e do Caribe, para o qual todos os exportadores da região apontam. Neste artigo, oferecemos respostas para sete perguntas frequentes sobre como exportar para o Brasil.

Compartilhe este artigo

Publicado por ConnectAmericas

Main Image

As PME da América Latina deveriam considerar a possibilidade de exportar seus produtos para o Brasil? Sim, porque o Brasil é o maior mercado da região, com quase 200 milhões de habitantes, e, além de ser membro do Mercosul, possui acordos alfandegários com vários países da região, como Chile e Bolívia, que torna mais simples a entrada de produtos no seu território.

Se esses dados o convenceram a enfrentar o desafio de exportar para o Brasil, agora você deveria pesquisar as características do mercado brasileiro. Abaixo, apresentamos respostas para algumas das perguntas que possivelmente surgirão.

1. Quais são as principais importações feitas pelo Brasil?

De acordo com um documento do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, "cerca de 20% das importações do país correspondem a produtos químicos. Também têm um importante peso as máquinas e os equipamentos (10,5% do total), petróleo (10,4%), veículos automotores (8,6%) e material eletrônico e de comunicações (7,5%). Mas a lista de produtos de importação é bastante diversificada, com uma quantidade significativa de importações de vários outros tipos de produtos com características muito diferentes, tais como produtos metalúrgicos, equipamentos médico-hospitalares, equipamentos para automação industrial e de precisão, produtos alimentícios e bebidas, artigos de borracha e de plástico, máquinas para escritório e de informática e produtos agrícolas."

2. Como o mercado brasileiro é composto?

De acordo com o mesmo relatório, o mercado brasileiro tem mudado de maneira significativa nos últimos anos. Enquanto, antes, o consumo se concentrava nas chamadas classes A e B (setores com rendas mais altas), agora, expandiu-se para além desses limites. Portanto, “as empresas estrangeiras devem ver o mercado brasileiro não mais como um mercado sofisticado e restrito, e sim como um mercado amplo e diversificado, que apresenta muitas oportunidades para os produtores de todos os tipos de mercadorias com os mais diferentes tipos de preço e qualidade. 

3. Como identificar potenciais importadores brasileiros?

O governo brasileiro oferece duas ferramentas online muito úteis para as PME da região que querem entrar nesse mercado. Em primeiro lugar, o Catálogo de Importadores Brasileiros, que, pela internet, informa todas as empresas brasileiras que fizeram importações nos últimos anos. Além disso, existe o Guia Tradings do Brasil, que oferece uma lista com os contatos das empresas brasileiras especializadas em importação e exportação.

Finalmente, é claro, os donos de PME que desejarem exportar para o Brasil podem usar este mesmo site, ConnectAmericas, para entrar em contato com potenciais importadores.

4. Quais são os impostos de importação para os meus produtos no Brasil?

De acordo com o site do Banesto, um banco do Grupo Santander, no Brasil, a alíquota média de importação é de 10,73% para os mercados emergentes. Em linhas gerais, para produtos agrícolas, bebidas fermentadas, equipamentos de informática e de telecomunicações, as alíquotas são mais altas.

Antes, o consumo se concentrava nas chamadas classes A e B (setores com rendas mais altas), agora, expandiu-se para além desses limites

O Brasil é membro do Mercosul, um acordo de integração com a Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Em princípio, os países-membros devem retirar os impostos para a circulação de produtos dentro do território da união, embora existam numerosas exceções para esta regra geral. Além disso, o Mercosul possui acordos alfandegários com outros blocos e países, como a União Europeia, o Chile e a Bolívia.

5. Como é a cultura de negócios no Brasil?

De acordo com um guia preparado pela Câmara de Comércio de Lima e pelo Ministério do Comércio Exterior e Turismo do Peru, "o empresário brasileiro aplica, em grande parte, costumes internacionais ao fazer negócios. No entanto, existem características específicas às quais é preciso se adaptar, bem como as preferências dos consumidores e a apresentação dos produtos".

6. Existem requisitos para a embalagem e a rotulagem dos produtos?

Sim. De acordo com o site do Banesto, "é necessário que a embalagem de um produto ofereça informação correta, legível, clara e precisa ao consumidor sobre a qualidade, a quantidade, a composição, o preço, a garantia, a origem, a data de validade e os riscos para a saúde e a segurança".

7. Qual é a forma mais adequada para enviar os meus produtos para o Brasil?

"Levando em conta que quase todos os países sul-americanos têm fronteiras terrestres com o Brasil," o documento do Ministério das Relações Exteriores do Brasil diz: "o transporte rodoviário é uma opção natural para o comércio da região. Existem várias rotas terrestres e empresas especializadas que transportam cargas dos países da costa do Pacífico até os destinos brasileiros." 

No entanto, a forma mais utilizada nas operações de importação do Brasil é a marítima, "inclusive no caso de países que fazem fronteira com o Brasil, como é o caso da maioria dos países sul-americanos".

8. Que normas cambiais devo levar em conta?

De acordo com a Chancelaria do Brasil, "a entrada e a saída de moeda do Brasil exige um contrato de câmbio, que é feito pela empresa brasileira, que, por sua vez, deve respeitar as regras estabelecidas pelo Banco Central do Brasil. Essas regras estão contidas no RMCCI (Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais)".

Compartilhe este artigo

{{'LOADING_COMMENTS' | translate}}...
{{'NO_COMMENTS_YET' | translate}}
{{'TO_POST_A_COMMENT' | translate}}

Outros usuários também viram


Carregando...

Entre na ConnectAmericas

Ao criar um perfil na ConnectAmericas, você aceita os Termos e condições e Política de privacidade da Plataforma.

Insira o e-mail com o qual você se cadastrou
na ConnectAmericas para criar
uma nova senha.