Connect Learn Finance

COMÉRCIO EXTERIOR

Comércio Exterior: Pequenas empresas também podem exportar

Quais são os processos para explorar o comércio internacional?

Share this article

O comércio internacional ainda é muito pouco explorado no Brasil e quando se trata de comercializar para o exterior, muitos empreendedores acreditam que isso é restrito apenas para grandes empresas. Porém em época de crise, a exportação é um caminho lucrativo para as micros e pequenas.

Contudo é necessário que o planejamento seja feito com cautela, para que não haja prejuízos financeiros. Antes de iniciar o processo de venda para o exterior, o empresário precisa estar disposto a enfrentar os novos desafios. Uma dica é fazer o planejamento estratégico, que tem como objetivo elencar e estruturar quais ações precisam ser tomadas antes e durante o processo de internacionalização da sua marca.

Mas, quais são os pontos essenciais para planejar as atividades de exportação? Elencamos aqui os principais para iniciar o caminho para exportação:

Organização interna

Faça o mapeamento da empresa, foque no deve ser melhorado ou potencializado, e veja quais são as oportunidades e fraquezas do mercado. Analise o planejamento, controle e gestão de produção, logística e demais processos internos. Tudo está organizado ou é necessário fazer algum ajuste ou aprimoramento? 

Informe-se 

Pesquise sobre os países para o qual deseja exportar, estude sobre eles. Cada país tem leis diferentes, conheça quais as certificações são exigidas, os tributos, os concorrentes, os aspectos políticos e sociais, e os acordos comerciais.

Adequação do produto

Após escolher o destino, a empresa precisa se adequar ao novo mercado. Por isso, é importante rever a embalagem, o idioma, as exigências técnicas e sanitárias, por isso, consulte a legislação do país.

Definindo preços

O preço aplicado no Brasil do seu produto, não será igual em outro país, pois existem diferenças nos tributos e outros custos envolvidos no processo. Para determinar o preço que será aplicado no exterior, é necessário excluir elementos como ICMS, IPI, PIS e COFINS que são aplicados internamente.

Entretanto, é importante incluir as despesas que não fazem parte do preço interno, como as embalagens de exportação, despesas com o transporte, custos com comissão de agente no exterior.

Não esqueça dos outros fatores que ajudam a definir preço do seu produto, como a concorrência e política local,  e o comportamento do consumidor.

Transporte

Escolha qual transporte utilizará para enviar seus produtos ao exterior, saber quais são os custos e o trabalho envolvido no processo de transporte do produto. 

Estude os pontos negativos e positivos em relação ao destino para onde exportará. O transporte pode ser feito por via marítima, fluvial, ferroviária, rodoviária e aérea. 

Processos administrativos       

A última etapa do processo é ir atrás dos trâmites burocráticos. A burocracia deve ser cumprida a rigor para não ter problemas futuramente. Por isso uma série de documentos são solicitados para que seus produtos possam ser enviados e comercializados no exterior. 

Quer saber mais e tirar suas dúvidas sobre exportação? Faça o curso EAD – Pequenas empresas podem exportar?

Você também pode marcar uma consultoria, totalmente gratuita, sobre o tema. Basta ligar 0800 570 0800 e agendar.

Para saber mais consulte o Sebrae mais próximo de você AQUI, ou entre em contato no 0800 570 0800.

Share this article

{{'LOADING_COMMENTS' | translate}}...
{{'NO_COMMENTS_YET' | translate}}
{{'TO_POST_A_COMMENT' | translate}}

Other users also viewed


Loading...
Sign In to ConnectAmericas
Forgot your password?
Don't have an account? Register here
Enter the e-mail you used when you registered
for ConnectAmericas to create
a new password